Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Para falar sobre LGPD: [email protected]

04 de Junho 2020

Trabalho na zona rural: proteja-se com os melhores EPI?s

A saber, o trabalho na zona rural é uma atividade muito antiga e muito praticada até hoje em nosso país. Devemos reconhecer a importância da atividade para a sobrevivência econômica de muitas famílias. O trabalho na zona rural envolve uma série de atividades passando pela agricultura, pela pecuária e também pelos serviços de reflorestamento ou corte de árvores. Da mesma forma que movimenta a economia e coloca comida no prato de milhares de cidadãos, o trabalho na zona rural também oferece riscos à saúde e à segurança de quem desempenha.

Assim como em qualquer atividade trabalhista a saúde e a segurança do colaborador devem receber atenção também no campo. É preciso adotar medidas coletivas de proteção e lançar mão dos equipamentos de proteção individual adequados ao trabalho na zona rural. Inegavelmente, a NR31, Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura, regulamenta os procedimentos relacionados à saúde e à segurança do trabalho na zona rural.

De acordo com a Norma Regulamentadora 31compete à Secretaria de Inspeção do Trabalho – SIT, através do Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho – DSST, definir, coordenar, orientar e implementar a política nacional em segurança e saúde no trabalho rural. O trabalhador rural, subordinado ou não, deve obedecer às disposições da NR31 e zelar pela sua segurança durante o desempenho da sua atividade.

 

NR 31

Ainda de acordo com a NR31 os empregadores devem seguir, entre outras, algumas determinações mínimas como:

a) Primeiramente fornecer equipamentos de proteção individual e vestimentas adequadas aos riscos, que não propiciem desconforto térmico prejudicial ao trabalhador;

b) Em segundo lugar fornecer os equipamentos de proteção individual e vestimentas de trabalho em perfeitas condições de uso e devidamente higienizados, responsabilizando-se pela descontaminação dos mesmos ao final de cada jornada de trabalho, e substituindo-os sempre que necessário;

c) orientar quanto ao uso correto dos dispositivos de proteção;

d) disponibilizar um local adequado para a guarda da roupa de uso pessoal;

e) fornecer água, sabão e toalhas para higiene pessoal;

f) Primordialmente garantir que nenhum dispositivo de proteção ou vestimenta contaminada seja levado para fora do ambiente de trabalho;

g) garantir que nenhum dispositivo ou vestimenta de proteção seja reutilizado antes da devida descontaminação;

h) Por fim, vedar o uso de roupas pessoais quando da aplicação de agrotóxicos.

 

Riscos do trabalho na zona rural

Sabemos que o trabalho em zona rural oferece diversos riscos à saúde do trabalhador, mas sabemos quais são esses riscos? Podemos classificá-los em químicos, biológicos, físicos, mecânicos e organizacionais. Cada um desses possui origens diferentes e devem receber atenção. A utilização de EPI’s e outras medidas coletivas de cuidados são fundamentais para a proteção da saúde, a prevenção de acidentes e a diminuição da incidência de doenças ocupacionais.

 

Riscos químicos

Inegavelmente os riscos químicos presentes nas atividades de trabalho na zona rural podem ter diversas origens. Agrotóxicos e fertilizantes são os mais comuns. Muito utilizados em plantações, os produtos químicos atuam no desenvolvimento acelerado e na eliminação de pragas. Acontece que esses produtos são extremamente nocivos à saúde do ser humano. Durante o manuseio é muito importante utilizar macacões que cubram toda a pele, olhos, nariz e boca.

Os agrotóxicos são capazes de desencadear diversos problemas, desde reações alérgicas leves, passando por queimaduras de pele e podendo levar à morte.

 

Riscos biológicos

Decerto os riscos biológicos na zona rural geralmente estão relacionados ao contato direto ou indireto com animais de diferentes espécies e com os detritos desses animais. O contato com plantas venenosas também são um risco para a saúde. O pólen também é capaz de prejudicar pessoas alérgicas.

 

Riscos físicos

Os riscos físicos também são muitos. O trabalho na zona rural geralmente é desenvolvido ao ar livre. O trabalhador passa horas desempenhando atividades, dos mais diferentes graus de dificuldade, muitas vezes embaixo de um sol escaldante. A exposição excessiva ao sol causa consequências diversas, desde as mais imediatas como cãibras e desidratação, até as sentidas a longo prazo como o câncer de pele.

Por isso é importante que nesses casos sejam utilizadas roupas com proteção UV, chapéus, protetor solar, além de muita hidratação e pausas periódicas para descanso em locais com sombra.

 

Riscos mecânicos

Acidentes mecânicos no trabalho em zona rural geralmente tem origem no manuseio de ferramentas e maquinários. É importante que qualquer tipo de ferramenta seja manuseada com atenção e cuidado e armazenada de forma correta. Ferramentas jogadas pelo ambiente podem causar acidentes graves.

As máquinas também devem receber o máximo de atenção para o manuseio correto. É importante que apenas pessoas treinadas realizem essa atividade. O deslocamento utilizando automóveis ou animais também representam riscos mecânicos.

 

Riscos organizacionais

O trabalho na zona rural oferece riscos relacionados à infraestrutura e à forma de trabalho. Esses são os chamados riscos organizacionais. O ritmo intenso do trabalho no campo acaba elevando o risco do aparecimento de doenças ocupacionais. Doenças osteomusculares e lesões por esforço repetitivo são as mais comuns.

 

Equipamentos de proteção individual para trabalho na zona rural

O equipamento de proteção individual utilizado no trabalho na zona rural vai depender da atividade desempenhada, mas entre eles estão: máscaras de proteção ou respiradores; luvas; calçado de segurança; capacete; óculos de proteção ou viseira facial; protetor auricular; jaleco ou avental; e macacão para proteção de todo o corpo.

Certamente todos os equipamentos devem ser de alta qualidade para garantir que não serão danificados por produtos químicos e nem por objetos cortantes ou temperaturas altas. As luvas e os calçados não ficam de fora: tem que ser Marluvas! A marca possui total excelência no ramo de EPIs e fabrica os melhores calçados e luvas encontrados no mercado.

A linha Agriwork é uma linha de botinas desenvolvidas especialmente para o trabalho na zona rural. Esses calçados são indicados para atividades mais leves menos intensas. Para atividades em contato com umidade, produtos químicos e resíduos biológicos indicamos a linha All Work. Uma linha de botas de PVC impermeáveis e de fácil higienização. A linha Vertente Mais também é perfeita para atividades na zona rural e oferece uma proteção efetiva contra esmagamento por queda de objetos pesados.Além dos calçados as luvas e mangotes a Marluvas também oferecem proteção para as mais diversas atividades e garantem a saúde do trabalhador no campo.

 

 

 

0 Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

nossas redes sociais