notícias

https://www.marluvas.com.br/produtos/102fclean-vd/

Conheça os riscos do trabalho em cozinha industrial

Trabalhar em cozinha industrial não é tarefa fácil. Neste ambiente o trabalho é sempre muito intenso, requer atenção e cuidado para que acidentes não aconteçam. E os trabalhadores desse ambiente estão sempre expostos aos mais diversos riscos. Riscos de acidentes como tombos por estarem em piso molhado. Também riscos por cortes, queimaduras, ferimentos causados por produtos químicos e outros.

 

É preciso manter um padrão efetivo de medidas de segurança, EPI (Calçados Apropriados, desenvolvidos para este tipo de ambiente) e também de limpeza. Assim evitar ao máximo os riscos de acidentes de trabalho dentro das cozinhas industriais. Os empresários, donos ou responsáveis pelas cozinhas, têm uma série de pré requisitos a cumprir. São normas que zelam pela saúde e pela segurança no trabalho.

Conheça os riscos do trabalho em cozinha industrial

A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, é o órgão responsável por fiscalizar os estabelecimentos. A Anvisa visa com isto garantir que todas as normas estão sendo seguidas corretamente. Sem dúvida é para que o trabalho  nas cozinhas industriais seja realizado da maneira mais segura e saudável para o colaborador.

 

Um trabalho de muitos riscos

 

Como falamos anteriormente, o trabalho na cozinha industrial esconde muitos riscos de acidente de trabalho. Um dos acidentes mais comuns é a queimadura. Isso porque o colaborador está constantemente em contato com o fogo e com preparações quentes. Água fervendo, óleo usado em frituras, panelas cheias com alimentos quentes e que precisam ser manuseadas. Tudo isso oferece risco ao trabalhador.

 

Cortes também são acidentes de trabalho comuns em cozinhas. Quem lida com alimentos, constantemente está utilizando uma faca para cortar ou descascar os ingredientes. Um movimento em falso e podem acontecer desde pequenos cortes até graves lesões. Máquinas e equipamentos como moedores e processadores também oferecem risco quando não são usados de maneira correta.

 

Outro tipo de acidente de trabalho que pode acontecer em ambientes como o de uma cozinha industrial, são os escorregões e as quedas. O chão constantemente molhado é a principal causa desse tipo de acidente. Agora imagine um ambiente de trabalho que adicione ao chão molhado e o risco de queda a panelas cheias de coisas quentes e facas apoiadas nas bancadas.

Doenças ocupacionais também afetam o trabalho na cozinha

 

Primeiramente precisamos esclarecer a diferença entre acidente de trabalho e doença ocupacional. Acidentes de trabalho são causados de forma imediata, já as doenças ocupacionais levam tempo. Elas são decorrentes da exposição do trabalhador, por longos períodos, a uma mesma situação. Apesar das diferenças, tanto as doenças ocupacionais quanto os acidentes de trabalho possuem os mesmos direitos e benefícios.

 

Você sabe quais as principais doenças ocupacionais encontradas no ambiente como o de uma cozinha industrial? Uma delas são as Lesões por Esforços Repetitivos ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho. Essas lesões são causadas pelo excesso de movimentos ou de postura inadequados. A repetição causa dor crônica que piora ao longo dos anos de trabalho.

 

Existem também as Doenças Ocupacionais Psicossociais. Essas são causadas pela pressão excessiva que o colaborador sofre diariamente em seu ambiente de trabalho. Problemas emocionais como depressão, estresse e outros estão entre as consequências do ritmo agressivo de trabalho, da carga horária excessiva, isolamento, dificuldades e desentendimentos no ambiente de trabalho.

 

Doenças ocupacionais são mais frequentes do que podemos imaginar, principalmente se tratando de ambientes de trabalho como o de uma cozinha industrial. Longas horas de trabalho; um ambiente cheio de riscos; demandas excessivas; ficar de pé por muitas horas; equipamentos sem manutenção adequada e muitas outras características favoráveis a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

 

Evite acidentes de trabalho

 

Agora que você conhece os riscos do trabalho em cozinhas industriais, é hora de saber quais são as melhores medidas para evitá-los e garantir que seu colaborador estará seguro e satisfeito com o trabalho a ser realizado. Medida básica em qualquer ambiente com risco de acidentes de trabalho, é a utilização dos equipamentos de proteção individual adequados. Os equipamentos têm de ser obrigatoriamente fornecidos pela empresa e é dever do trabalhador utilizá-los corretamente.

 

Aventais fazem parte dos epi’s utilizados em cozinha. Um bom avental protege o trabalhador de sofrer queimaduras caso algo quente caia sobre seu corpo. O avental também evita que o colaborador se molhe. As máscaras, além de proteger o rosto são importantes para a higiene dos alimentos, pois evita a contaminação por saliva caso o colaborador fale durante o trabalho de manuseio dos alimentos.

 

Luvas evitam queimaduras e cortes. É importante frisar que para cada finalidade ela deve ser feita de um material específico, e que cada trabalhador deve, respeitando sua função de trabalho, utilizar a luva correta. Por último mas não menos importante, o calçado correto faz toda a diferença para a realização do trabalho em um ambiente como o da cozinha industrial.

 

Como já comentamos aqui, quem trabalha em cozinha industrial fica em pé por longos períodos, lida com ambiente molhado, sujeito a escorregões e quedas. Um bom calçado para ser utilizado nesse tipo de trabalho deve ser confortável, impermeável, antiderrapante e resistente a objetos pesados, cortantes e produtos químicos.

A Marluvas possui em seu catálogo uma série de calçados com essas características. Todos eles são fabricados com as melhores tecnologias do mercado e certificados conforme normas internacionais. Escolha o que melhor atenda ao perfil de trabalho dos seus funcionários e dê a eles o melhor em conforto e segurança.

 

Acidentes de trabalho e doenças ocupacionais nunca mais

Para os riscos de queimadura, bastam algumas medidas básicas para que os acidentes aconteçam com menor frequência. Para acender as bocas do fogão, use um acendedor automático ou fósforos longos, e opte por fritadeiras para evitar queimaduras com óleo quente. Dê mangotes e luvas térmicas para os trabalhadores que lidam com esses riscos.

 

Extintores de incêndio devem estar visíveis no ambiente de trabalho, a fim de conter pequenos incêndios que aconteçam eventualmente, e evitar explosões. A melhor maneira para evitar cortes é utilizar luvas de malha de aço. Latas devem ser abertas com abridor e não com facas. Instrua seus funcionários para que não deixem facas dentro da pia cheia de água. A pessoa que vai lavar pode não vê-las e acabar se machucando.

 

Para evitar tombos, limpe o chão sempre que realizar frituras, o óleo que respinga é uma armadilha e tanto. O mesmo vale para a área perto da pia, é importante mantê-la seca para evitar acidentes de trabalho. Treine sua equipe e ensine a eles as boas práticas a serem tomadas dentro do ambiente de trabalho. Dê a eles os epi’s corretos e mantenha um ambiente saudável.

#Indicca – Geração de Conteúdo