Se acaso você já se consultou com um cardiologista, nutricionista, ou mesmo outros médicos especialistas, é muito provável que tenha ouvido a seguinte recomendação: faça exercícios físicos regularmente . Essa prática pode prevenir doenças cardíacas, reduzir os níveis de ansiedade e estresse, melhorar o humor, abaixar os níveis de colesterol e gorduras, dentre inúmeros outros benefícios (uma opção são os esportes ao ar livre). Há estudos que, inclusive, conectam as atividades físicas a melhoras no desempenho escolar e cognitivo, como mostrados pelas universidades de Strathclyde e Dundee, localizadas no Reino Unido.

Seja como for, por iniciativa própria ou por recomendação médica, muitas pessoas tentam começar a prática de exercícios na academia. Essa escolha se dá, em grande parte das vezes, pela presença de profissionais capacitados nesses lugares, que orientam as atividades e incentivam os alunos. Além disso, o contato com outras pessoas e a criação de laços podem ser mais um motivo de estímulo a quem frequenta as academias. Entretanto, nem todos se adaptam ao ambiente, e muitos acabam desistindo de ir ao treino, ou até nem mesmo o iniciam.

Outras opções de esportes

Visto que algumas pessoas não gostam de academia, existem diversas outras opções capazes de substituí-la. Os esportes ao ar livre são, nesses casos, ótimas alternativas. Além de todos os benefícios da prática de exercícios físicos, os esportes ao ar livre oferecem ainda outras vantagens, relacionadas ao contato com a natureza. Um estudo da Universidade de Derby, na Inglaterra, mostrou que esse contato aumenta a saúde e a felicidade, além de melhorar a conexão entre homem e natureza. Segundo a pesquisa, para pessoas que sofrem com problemas como depressão e ansiedade, estar em ambientes naturais também pode ajudar a controlar os sintomas, juntamente com os medicamentos receitados por médicos psiquiatras e acompanhamento psicológico, que não devem ser negligenciados.

Portanto, se você planeja começar uma atividade física, mas não gosta de academia ou tem preguiça de iniciar os exercícios, os esportes ao ar livre podem ser ótimas opções e dar aquele empurrãozinho para quem ainda não pratica as atividades regularmente. Veja abaixo algumas modalidades e escolha aquela que mais combina com você. O importante é não ficar parado!

Ciclismo (esportes ao ar livre)

Afinal, quem nunca andou de bicicleta quando criança? Além de divertido, o ciclismo trabalha o equilíbrio, melhora a circulação e fortalece os músculos, principalmente os da perna. Uma das vantagens é que você pode pedalar no seu ritmo e velocidade. Para quem gosta de atividades mais radicais, existem corridas e percursos mais difíceis, enquanto os que desejam tranquilidade podem escolher terrenos mais planos ou mesmo rotas já construídas.

Trekking (Botas trekking)

Já falamos algumas vezes sobre o trekking em nosso blog. Esse esporte consiste na caminhada por trilhas e percursos localizados em montanhas, serras, matas, praias ou em qualquer outro ambiente natural. É um esporte de baixo impacto e, por isso, pode ser praticado por pessoas das mais variadas idades. Existem até modalidades dentro do esporte, como o trekking de regularidade, competido em grupos, e o de velocidade, que é uma espécie de corrida onde cada um escolhe o percurso que desejar.

Stand up paddle (SUP) (esportes ao ar livre)

Para começar o stand up paddle é preciso apenas de uma prancha e um remo. O esporte é praticado no mar ou em lagoas e consiste em remar, em pé, numa prancha específica para o SUP. É indicado que os iniciantes façam algumas aulas com professores especializados antes de começar a praticar o SUP. É essencial também utilizar o colete salva-vidas, de modo a evitar afogamentos em caso de quedas ou acidentes. Para quem acha o surf um esporte muito radical ou até tem vontade de praticar, mas tem receio, o stand up paddle é uma boa pedida. É perfeito, também, para quem ama água.

Corrida

Entretanto, se você acha a caminhada uma modalidade meio parada e está pronto para novos desafios, comece a correr. Existem, claro, muitas competições e provas, mas o interessante em correr ao ar livre é aproveitar a natureza. Se você gosta de praticá-la sozinho, a corrida pode ser uma boa forma de testar e superar os próprios limites. Mas lembre-se que isso deve ser feito sempre respeitando as limitações do próprio corpo.

Escalada (esportes ao ar livre) (botas para escalar)

Primeiramente, para essa modalidade, é necessário treino e equipamentos de segurança. Na escalada, o objetivo é chegar ao topo ou a um ponto específico de uma estrutura rochosa. Assim como no stand up paddle, é indicado que os iniciantes na escalada busquem aulas com professores especializados, para garantir que, antes de começarem a escalar, tenham todas as habilidades e os equipamentos de segurança necessários, evitando, dessa forma, graves acidentes.

Slackline

O esporte vem se popularizando no Brasil e, talvez, você já tenha se deparado com alguém o praticando. Consiste em se equilibrar e atravessar, de um ponto a outro, uma corda elástica esticada e presa. Existem muitos grupos de slackline e, além de melhorar o equilíbrio e a concentração, a prática do esporte pode incentivar a socialização e levar a novas e boas amizades.

Todavia, é importante ressaltar que crianças, idosos e aqueles que possuem certos problemas de saúde, como alterações cardíacas, devem consultar um médico antes de começar a prática de exercícios físicos. O profissional irá fornecer todas as orientações, dicas e cuidados necessários, de acordo com a situação de cada paciente.

A importância do calçado

Seja como for, no trekking, na corrida, no ciclismo ou em qualquer outro esporte ao ar livre, a escolha do calçado ideal é essencial para garantir o conforto e a segurança de quem está praticando o exercício. Pensando nisso, a Marluvas desenvolveu, com as melhores tecnologias, a linha Premiere Plus. Além de oferecer mais estabilidade, o que é perfeito para quem realiza atividades em terrenos irregulares, os calçados Premiere Plus possuem impermeabilização, climatização interna e absorção e dessorção de suor.

Calçados para esportes ao ar livre (Botas com cadarço)

Sobretudo, as tecnologias Nubuck Repel, DryOut e Couro WR garantem a impermeabilidade dos calçados, permitindo que, mesmo em dias de chuva ou em ambientes úmidos, os pés não fiquem molhados, dando mais conforto a quem pratica exercícios em condições adversas. Da mesma forma, a absorção e a dessorção de suor também previnem a umidade. Já a climatização interna mantém a temperatura dos pés. No caso de aquecimento, o sistema Outlast Climatech – tecnologia especial Marluvas – absorve o calor irradiado pela pele, enquanto, no frio, o calor é retido. Além disso, os tecidos Air Comfort dão mais suavidade e leveza aos calçados, permitindo a melhora do desempenho na prática de exercícios físicos.

Enfim, antes de praticar esportes ao ar livre, confira a linha Premiere Plus da Marluvas e escolha seu calçado ideal, de acordo com o tipo de atividade física e suas necessidades.

#Indicca – Geração de Conteúdo

#bota trilha #botas cano alto #botas trekking #sapatos Trekking #botas para escalar #botas montanhismo #botas aventura