Apesar de ser uma expressão comum, não é correto utilizar o termo “anti” para nenhum EPI, pois todo material pode perfurar, rasgar ou escorregar dependendo do ambiente em que for exposto. Dessa forma, o adequado é dizer que os equipamentos de proteção possuem resistência a determinado risco.

Sobre o atributo “antitorção”, não existe Norma Reguladora no Brasil que ateste que o calçado possua resistência a torção. Portanto, quando determinado produto for apresentado como resistente a torções, é importante pedir um laudo que ateste que o calçado possua esse atributo ou entrar em contato com os laboratórios certificadores (IPT, Ibtec, Falcon Bauer ou outro). Esses passos são importantes para que o consumidor não caia em armadilhas.

As melhorias ergonômicas dos calçados, como a estabilização e sustentação são desenvolvidas pela engenharia de produtos. Dessa forma, a característica que torna um calçado mais estável e com menos possibilidade de torções não é o solado em si, mas a construção do cabedal e altura do cano. Assim, para que o usuário tenha mais segurança ao caminhar, é importante amarrar o calçado até o último ilhós e regulá-lo da forma correta, sem estar muito apertado ou frouxo.

Consulte nossa linha de Calçados Manobreiros e toda família B29, desenvolvidos especificamente para esse fim.

Para concluir, a construção dos calçados Marluvas prevê o máximo de conforto e ergonomia, por respeitar a principal função de um fabricante de calçados profissionais, oferecer proteção e o melhor para quem utiliza os nossos produtos por longas horas.

Existem ainda materiais que podem adicionar mais proteção e sustentação à planta dos pés (como é o caso dos calçados dotados da tecnologia Marluvas TPU Plate).

E por fim, boa parte dos calçados Marluvas são testados e aprovados pelo IbTec – Instituto brasileiro de tecnologia do couro, calçados e artefatos oferecendo o “selo Ibtec” de produtos nos quesitos conforto e demais características de um bom calçado.

Em caso de dúvidas, ente em contato conosco através do e-mail [email protected]

Este conteúdo também está presente no nosso podcast. Aproveite e também nos acompanhe no Spotify!

(link: https://open.spotify.com/show/0ZCvKnJJfccZ7yHB8flXLi?si=r17QRoM2TOe__K6ka1j91w )