Você sabe porque a utilização do mangote de segurança é importante em diversas atividades industriais? O trabalho em indústrias, independente do ramo, geralmente requer uma série de medidas de proteção. Isso porque os riscos de acidente estão por toda parte. As medidas de proteção podem ser coletivas e individuais, sendo a segunda realizada por meio do uso dos equipamentos de proteção individual. Contudo existem diversos tipos de EPIs que podem ser utilizados na indústria e a escolha deles é feita a partir da análise dos riscos de cada atividade.

Tipos de EPIs

Capacetes, protetores auriculares, óculos de proteção, máscaras, aventais, jalecos, luvas, mangotes e calçados de segurança estão entre os EPIs mais utilizados nos ramos industriais. Alguns destes equipamentos de proteção individual dispensam apresentação, mas será que você sabe qual a importância do mangote de segurança na indústria? O mangote é um EPI utilizado para proteger o antebraço do trabalhador e pode ser crucial para sua segurança em algumas ocasiões.

Inegavelmente o mangote protege contra o respingo de substâncias quentes ou corrosivas, protege contra cortes durante o manejo de ferramentas afiadas e oferece proteção térmica no caso de atividades desempenhadas em temperaturas extremas. Não importa se o colaborador trabalha em indústria alimentícia, automotiva, metalúrgica, vidreira ou outro tipo, o mangote pode ser útil em todas as atividades. O material e as características de proteção do equipamento pode variar de acordo com a necessidade demandada pela atividade.

Qual o mangote ideal para cada atividade?

Todavia existem mangotes confeccionados nos mais diversos tipos de material. É  importante avaliar os riscos aos quais o colaborador está exposto antes de escolher qual o equipamento ideal para ser utilizado por ele. No entanto, os modelos mais comuns para uso em indústria são:

  • Aramida, ideal para atividades que demandam proteção mecânica resistente a cortes e proteção contra o calor.
  • Fios sintéticos revestidos, ideal para atividades que demandam alta resistência contra cortes. A indústria alimentícia é um exemplo.
  • O mangote confeccionado em grafatex de algodão é mais utilizado em locais que demandam proteção térmica.
  • Mangotes de raspa são utilizados em atividades com solda.
  • A malha de aço é perfeita para proteção contra corte de lâminas extremamente afiadas.
  • Existe ainda a opção do mangote descartável, confeccionado em polietileno, ideal para proteção durante o manuseio de produtos perecíveis, como na indústria alimentícia.

Tipos de Mangote de segurança na indústria

Os mangotes possuem tamanhos diferentes e o ideal é que o colaborador utilize o tamanho correto para que não haja problemas. Todos eles possuem ajuste de fechamento e também no encaixe do polegar. A Marluvas possui em seu catálogo três diferentes modelos de mangotes: o Mangote Hero 3 Fios Com Suporte Para Polegar Sx 9378 T, oMangote Hero Punho Tricotado Sx 9318 K7 e oMangote Hero Com Suporte Para Dedo Sx 9318 K7t.

Em primeiro lugar o Mangote Hero 3 Fios Com Suporte Para Polegar Sx 9378 T é um epi tricotado com a inovadora e exclusiva fibra HERO composta de Kevlar, fio de aço, nylon, algodão e poliéster. Um mangote de proteção tecido com fios Hero, altamente resistente a cortes e capaz de proporcionar um excelente conforto ergonômico. Ademais esse modelo conta com suporte para o dedo polegar, evitando que o mangote suba e deixe o punho exposto. Dispõe de tricotado elastizado para melhor ajuste e fixação. O Mangote Hero 3 Fios Com Suporte Para Polegar Sx 9378 T é ideal para atividades em indústria metalmecânica, siderúrgica, metalúrgica, de papel e celulose, automotiva (duas e quatro rodas) e indústria vidreira.

Especificações dos Mangotes

Com especificações diferentes, em segundo lugar o Mangote Hero Punho Tricotado Sx 9318 K7 é uma variação, sem encaixe para polegar do modelo Hero Com Suporte Para Dedo Sx 9318 K7t. Esse modelo de mangote, além de ser tricotado com a inovadora e exclusiva fibra Hero, possui também tratamento para proteção térmica. Certamente os dois modelos são resistentes ao contato com altas temperaturas, até 130°C por 3 segundos, e dispõem de punho um tricotado elastizado para melhor ajuste e fixação. Indicados para as mais diversas atividades industriais.

Conserve o mangote corretamente e aumente a vida útil do seu EPI

Além de utilizar os equipamentos de proteção individual corretamente, é importante também realizar sua higienização periódica e conforme as orientações dadas pelo fabricante. Os mangotes modelo Hero devem ser higienizados utilizando sabão em pó ou detergente neutro e água morna por até dez minutos, jamais exceda a temperatura de 50ºC. Não utilize produtos de lavagem a seco. A secagem pode ser feita naturalmente ou utilizando secadora. A secadora também não deve ultrapassar 50ºC e o tempo de secagem pode variar de 10 a 15 minutos.

Mangote de segurança na indústria – é equipamento de proteção individual

Decerto os equipamentos de proteção individual são regulamentados pela NR6. Nela estão contidas orientações relacionadas à comercialização, aquisição, deveres e direitos dos empregados e dos empregadores. Igualmente o mangote de segurança na indústria é um equipamento de proteção individual e está descrito no anexo I da NR6 como manga para proteção. Você sabe quais são as obrigações do empregador diante da Portaria n.º 3.214 do Ministério do Trabalho?

  • Primordialmente adquirir o epi adequado ao risco de cada atividade.
  • Exigir seu uso.
  • Fornecer ao trabalhador somente o epi aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho.
  • Orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação.
  • Substituir o epi imediatamente, quando danificado ou extraviado.
  • Responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica.
  • Comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.
  • Registrar o seu fornecimento ao trabalhador, podendo ser adotados livros, fichas ou sistema eletrônico.

O colaborador também tem suas obrigações dispostas pela NR6:

  • Primeiramente usar o epi apenas para a finalidade a que se destina.
  • Responsabilizar-se pela guarda e conservação.
  • Posteriormente comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso.
  • Por fim cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado.

Ainda de acordo com a NR6, os EPIs precisam apresentar um Certificado de Aprovação para serem comercializados legalmente. Antes da compra observe se o EPI desejado possui um CA válido.

“6.9.3 Todo EPI deverá apresentar em caracteres indeléveis e bem visíveis, o nome comercial da empresa fabricante, o lote de fabricação e o número do CA, ou, no caso de EPI importado, o nome do importador, o lote de fabricação e o número do CA.

6.9.3.1 Na impossibilidade de cumprir o determinado no item 6.9.3, o órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho poderá autorizar forma alternativa de gravação, a ser proposta pelo fabricante ou importador, devendo esta constar do CA.”

#Indicca – Geração de Conteúdo

#epi #equipamentos de proteção individual #mangotes de proteção