notícias

O que é a tecnologia NanoTech da Marluvas?

O que é a tecnologia NanoTech da Marluvas?

O que é a tecnologia NanoTech da Marluvas? A tecnologia está baseada em adicionar a Bota Marluvas o CHIP de RÁDIO FREQUÊNCIA. As aplicações são de pró atividade para a prevenção de acidentes. Assim também gestão de acesso através de ativos automáticos influenciados pela identidade do CHIP nos sensores de controle.

O que é a tecnologia NanoTech da Marluvas?

A gestão de acesso passa a ser IDENTIFICADA e assim AUDITADA para liberar ou não o acesso de acordo com o EPI. EPI – Calçado de Segurança MARLUVAS se torna um identificador digital. O sensor de presença está desta forma aplicado no calçado.

Como funciona o sistema de RFID?

Um sistema de RFID é composto, basicamente, de uma antena, um transceptor, que faz a leitura do sinal. Nesse sentido transfere a informação para um dispositivo leitor. Por certo também leva os dados para um transponder ou etiqueta de RF (rádio frequência), que deverá conter o circuito e a informação a ser transmitida.

• Passiva – Estas etiquetas utilizam a rádio frequência do leitor para transmitir o seu sinal e normalmente têm com suas informações gravadas permanentemente quando são fabricadas. Contudo, algumas destas etiquetas são “regraváveis”.

• Ativa – As etiquetas ativas são muito mais sofisticadas e caras e contam com uma bateria própria para transmitir seu sinal sobre uma distância razoável, além de permitir armazenamento em memória RAM capaz de guardar até 32 KB.

No processo NanoTeck da Marluvas estamos utilizando a forma passiva. Desta forma o código vem o produto e pode ser cadastrado no sistema ligando ao usuário e assim a gestão de acesso e presença.

O leitor de presença é um equipamento similar a sensor de produto que existe em lojas de varejo. Os produtos tem na etiqueta e a saída da loja condicionada a retirada do mesmo no caixa. A auditoria significa que um produto com etiqueta RFID não foi comprado pelo usuário.

Visando facilitar a Marluvas buscou apoio de uma empresa de tecnologia que pode auxiliar na implementação. Assim contactou a parceria com a empresa Aplicar Tecnologia. Desta forma também o cliente Marluvas que ainda não tem o conhecimento fazer contato. Contudo se já favor legado basta adicionar mais este VALOR DE SEGURANÇA em EPI MARLUVAS ao seu negócio. Em resumo basta criar as regras de acesso e colocar para funcionar.

VALOR DE SEGURANÇA em EPI MARLUVAS

Simplificando, a NanoTech é um EPI que contém um sensor dentro dele. Ao passar por um local que contenha um leitor (seja uma porta, portal, cancela, catraca, etc.), esse leitor irá identificar o calçado que está passando no momento. Caso esse calçado tenha a permissão de entrada no local, ele irá autorizar o acesso liberando a porta, catraca, ou qualquer que seja o meio de bloqueio para acesso à área.

Caso a pessoa que está usando o calçado não tenha acesso, o leitor não irá autorizar o acesso da pessoa na área, travando ou fechando a porta/catraca.

Neste sentido a Bota de Segurança Marluvas podem ser adquiridas com a tecnologia embarcada. Existem modelos Marluvas com RFID integrado. O produto já sai pronto para uso e aplicação. A gestão de acesso passa a ser uma resposta como política já identificando o usuário.

Aplicações que alguns clientes já estão fazendo uso:

  1. Garantir que o colaborador esteja com o Calçado de Segurança apropriado, sem ele não tem acesso a área de produção;
  2. Monitorar a presença do colaborador no ambiente de produção
  3. Evitar contaminação, fazendo que o acionamento seja automático e não mais manual, ainda com controle de acesso ativo;

O mercado já em operação:

Já temos clientes utilizando a tecnologia NANOTECH. O chip de rádio integrado aos modelos EPI Marluvas NanoTech já estão sendo utilizados. A principal utilização tem sido no controle de acesso. Em suma acesso de câmaras frias e alto fornos foram automatizados para identificar o usuário e liberar o acesso de forma automática. A gestão facilita não apenas o controle de acesso, mas a garantia de acesso apenas de pessoas autorizadas e treinadas.

O conceito Industria 4.0 é desta forma mais um item nos produtos Marluvas EPI. A NanoTech vem melhorar a condição de segurança individual. A Nanotech Marluvas vem adicionar uma nova camada nos ativos de segurança ambiental nas empresas.

A tecnologia NanoTech traz a chamada “internet das coisas” para dentro do calçado, ajudando o técnico de segurança ou gestor da área a ter um maior controle do acesso das pessoas.

Questões para gestão de acesso com Marluvas RFID

Além disso, o sistema também pode, além de fazer a leitura do EPI, verificar se a pessoa que está usando o calçado realmente é a dona do EPI pelo reconhecimento facial, impossibilitando que uma pessoa com acesso empreste o seu calçado para que outra pessoa entre na área (ao fazer o reconhecimento facial, também é possível fazer o reconhecimento do uso ou não de capacetes, óculos e protetores oculares). Além disso, podemos não só controlar o acesso de pessoas às áreas restritas, mas também limitar o acesso em áreas sigilosas (P&D, locais de arquivos sigilosos, etc.), além também de controlar a entrada e saída dos funcionários em qualquer ambiente possível, seja na portaria da empresa ou seja em qualquer outra área.

Também podemos ter o controle de colaboradores que estão de férias e que se encontram na empresa, impedindo que os mesmos entrem em seu período de férias. Podemos também controlar os colaboradores que possuem seus exames médicos atrasados, que precisam fazer reciclagem de treinamentos, tempo gasto dentro de salas de descanso e também dentro do ambiente de trabalho (por exemplo, funcionários que trabalham em câmaras frias e alto fornos possuem um tempo limite para trabalhar, tendo que descansar após esse período).

Um ponto bastante interessante é que o Técnico de Segurança ou Gestor da Área pode receber no seu celular ou via email uma foto ou alarme no momento em que alguém tentar entrar numa área que o mesmo não possui acesso, podendo agir na hora e até tirar uma foto do momento, ou até mesmo um relatório do acesso daquele dia, tendo uma relação das pessoas que entraram em determinadas áreas e os respectivos tempos.

Registro da Feira – Apresentando a NanoTech Marluvas

 

A experiência de uso – Acionamento automático da Porta com EPI – Marluvas RFID

#Indicca – Geração de Conteúdo