notícias

Parque Nacional da Serra dos Órgãos para caminhar!

Parque Nacional da Serra dos Órgãos para caminhar!

Parque Nacional da Serra dos Órgãos, conheça este paraíso no Brasil. Um destino de trekking e turismo de aventura. Praticar esportes é ótimo para a saúde. Nós já falamos sobre isso algumas vezes aqui no blog. Assim também apresentamos para vocês a nossa prática favorita: o trekking.  Nós também já demos dicas de como se organizar para ter uma boa experiência. Desse modo, hoje queremos dar sugestões de algumas trilhas para quem quer começar a se aventurar nessa modalidade de esporte em contato com a natureza.

conheça este paraíso no Brasil

Parque Nacional da Serra dos Órgãos para caminhar!

 

Neste artigo, vamos apresentar o Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Localizado na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro. O Parque é um excelente lugar para a prática de atividades como escalada, caminhada (trekking), rapel e outros. O Parque também conta com diversas cachoeiras espalhadas em toda a sua extensão. Ótimo para se refrescar entre uma prática e outra.

 

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos conta com 20.024 hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim. São mais de 2.800 espécies de plantas catalogadas pela ciência, 462 espécies de aves, 105 espécies de mamíferos, 103 espécies de anfíbios e 83 espécies de répteis. Também dentro dessa diversidade de espécies, 130 animais estão ameaçados de extinção. Por consequência  muitas espécies só são encontradas no Parque.

 

Observando esses dados é possível se dar conta de como o Parque Nacional da Serra dos Órgãos não é apenas um bom lugar para a prática de esportes. O Parque também tem um valor imenso para a preservação da fauna e da flora brasileira.

 

Visite o Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Para visitar o Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Em primeiro lugar é preciso adquirir um ingresso para ter acesso aos encantos naturais do Parque. A bilheteria do parque funciona entre oito da manhã e cinco da tarde. O Parque funciona entre seis da manhã e dez da noite. Portanto, se você deseja acessar o Parque fora do horário de funcionamento da bilheteria, você precisa adquirir o ingresso antecipadamente pelo site.

 

Os valores de ingresso geral variam entre a parte alta e a parte baixa do Parque. O ingresso para a parte baixa custa R$32,00. O ingresso para a parte alta R$52,00. Para realizar as trilhas é cobrado um valor a mais: o adicional de trilha para parte alta nos finais de semana é de R$26,00. Adicional de trilha para parte alta em dia de semana é de R$ 5,20. No site do Parque Nacional da Serra dos Órgãos você encontra a tabela com todos os valores e algumas orientações para obter descontos.

 

É possível ainda adquirir pacotes de travessia, trilhas customizadas e outras opções com guia e pernoite. Tudo isso por meio do site. O Parque Nacional da Serra dos Órgãos oferece opções diversas para hospedagem e camping. Em outro artigo entraremos mais a fundo nesse assunto. Assim daremos dicas de outras práticas esportivas além das trilhas.

 

Faça trilhas no Parque Nacional da Serra dos Órgãos

 

Antes de indicar as trilhas existentes no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, vamos falar sobre um equipamento importante e indispensável durante as caminhadas: o calçado de segurança. Ter um bom calçado fará toda a diferença durante as trilhas. Sobretudo é ele o responsável pelo seu conforto e pela sua segurança.

 

A Marluvas é uma empresa especializada em calçados de segurança e conta com uma variedade enorme em seu catálogo. São calçados fabricados com tecnologia de ponta e aprovados em um rigoroso sistema de qualidade. A Marluvas é Top Of Mind na categoria. A linha Premier Plus é um exemplo de toda a qualidade oferecida pela marca. Essa linha é uma excelente escolha para te acompanhar nas trilhas pelo Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

São calçados com o melhor em design e tecnologias exclusivas que oferecem maior conforto, segurança e desempenho. Todos os calçados da linha além de serem impermeáveis, permitem a absorção e a dessorção de suor. A tecnologia CLIMATECH além de termorreguladora, permite uma rápida dispersão de umidade e se adapta à performance do usuário.

 

Quando a pele irradia calor, o calçado com tecnologia CLIMATECH absorve esse calor e retarda o suor. Por exemplo, quando o ambiente está frio,  o calor irradiado pelo corpo fica mantido dentro do calçado por mais tempo. A linha Premier Plus ainda oferece uma maior estabilidade aos pés por conta do inserto TPU ANTI-TORSION. Esse inserto, aplicado no enfranque do solado, oferece maior sustentação ao tornozelo. Em resumo proporcionando maior estabilidade em terrenos irregulares.

 

Desbrave as trilhas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos

 

Nossa primeira dica é a Trilha da Primavera. Localizada na parte do Parque Nacional da Serra dos Órgãos pertencente ao município de Teresópolis, a trilha conta com 500 metros de extensão. É uma trilha bem curtinha, portanto ótima para quem está iniciando ou para quem quer levar as crianças para se divertir em contato com a natureza. A caminhada dura cerca de 15 minutos e passa por uma pequena floresta de Palmeiras Juçara – espécie ameaçada de extinção.

Parque Nacional da Serra dos Órgãos para caminhar!

Agora vamos a uma sugestão menos leve: Trilha do Sino. A Pedra do Sino é o ponto culminante do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Também localizada em Teresópolis,  a trilha é mais longa, são 9 km de extensão. Apesar disso, a trilha é bem definida e agradável. Durante o percurso você acompanha a transição da vegetação de Mata Atlântica para os Campos de Altitude. Pela Trilha do Sino, é possível acessar o caminho para outros cumes do Parque ou seguir direto até a Pedra do Sino. O Parque recomenda o acompanhamento de um guia durante a caminhada.

 

A Trilha do Cartão Postal será a última recomendação deste artigo, mas em breve voltaremos com mais dicas do que fazer e também de onde ficar no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Essa trilha é considerada a mais bonita do Parque (na sede Teresópolis), por isso o nome. Com 1200 metros de caminhada e algumas subidas em desnível, a trilha é considerada de intensidade moderada. Do mirante é possível observar as principais montanhas da serra, como Escalavrado, Dedo de Deus, Santo Antônio, entre outros.

 

Em breve traremos mais dicas sobre o Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Mas se você já se interessou e está disposto a fazer alguma dessa trilhas não se esqueça: muita água, comidas leves, lanterna, protetor solar, repelente e um par de calçados Marluvas.

#Indicca – Geração de Conteúdo